29º Encontro dos Auditores Aposentados e Pensionisas. Confira aqui os melhores momentos do evento!

Notícias

Imagem

Redes de Mulheres Solidárias e Protagonismo Feminino integra as mulheres no mercado de trabalho

Desenvolvido pelo município de Apucarana, o projeto visa valorizar o papel da mulher dentro do mercado de trabalho

O projeto Redes de Mulheres Solidárias e Protagonismo Feminino, desenvolvido pelo município de Apucarana, no norte do Paraná, foi criado no ano de 2014 com o objetivo de integrar as mulheres no mercado de trabalho. Por meio do empreendimento solidário, o projeto valoriza o papel econômico e social que a mulher desempenha na sociedade. Com materiais recicláveis, as participantes produzem peças artesanais, saboaria, moda bebê e plantas ornamentais. Esses produtos são comercializados no Espaço da Mulher. A coordenadora da Secretaria da Mulher, Denise Machado, explica como funciona o processo de troca e venda:

– A partir do momento que essa mulher participa da capacitação, ela está apta a montar um empreendimento juntamente com outras mulheres que tem algum produto semelhante ao dela e depois elas colocam para vender nesse espaço público. Além desse espaço, nós temos feiras itinerantes também que elas participam no município de alguns eventos e também na região.

A Rede de Mulheres Solidárias e Protagonismo Feminino atende 300 mulheres, que ultrapassam a realidade da violência doméstica e auxiliam na renda de suas casas. Adélia conta como participar do projeto mudou a sua vida:

– O projeto veio para mim em um momento bem difícil, onde eu tinha perdido a minha mãe. Eu estava desempregada porque eu tinha saído para cuidar dela. Eu só posso dizer que o projeto é um divisor de águas em minha vida, porque foi por meio do projeto que eu consegui passar por esse momento difícil, recomeçar de uma forma diferente.

Os bons resultados fizeram com que o projeto fosse coroado, em 2016, pelo Prêmio Gestor Público Paraná, uma das premiações mais importantes desse segmento no Brasil! 

 

CONFIRA O PROGRAMA BOM GESTOR PÚBLICO SOBRE ESSE PROJETO:

 

Comente esta notícia

código captcha