Coronavírus - Proteção e informação em casa! Mantenha-se atualizado. CLIQUE AQUI!

Notícias

Imagem

Efaz oferece formação a distância para servidores da Secretaria da Fazenda

A modalidade já está disponível e a novidade é o curso de Auditoria Contábil Aplicada à Fiscalização de Tributos

A Escola Fazendária do Paraná (Efaz) lançou o curso a distância “Auditoria Contábil Aplicada à Fiscalização de Tributos”, em parceria com o Grupo de Desenvolvimento do Servidor Fazendário. O curso, lançado no dia 3 de abril, já conta com 41 servidores inscritos e apresenta instrumentos técnicos que auxiliam o combate à sonegação fiscal, reduzindo os índices de corrupção e fazendo com que o Estado consiga atender as demandas da população de forma mais eficiente, como a saúde, principal setor afetado durante a pandemia do coronavírus.

Devido às medidas de restrição por causa da doença, que incluem a não aglomeração de pessoas e o isolamento social, os cursos presenciais tiveram que ser suspensos. Entretanto, o curso de auditoria contábil não é o único disponibilizado na categoria de Ensino a Distância (EaD) pela Efaz que conta com outros 24 cursos disponíveis na plataforma, frutos de parcerias com outras Secretarias da Fazenda de todo o país. Entre as modalidades de formação disponíveis estão fiscalização, tributação, gerencial, comportamental, comunidades e outras áreas.

Os Auditores Fiscais não são obrigados a fazerem os cursos, mas a capacitação continuada é fundamental, lembra o diretor da Efaz, Mário Brito. “Os auditores fazem esses cursos por entenderem que são importantes para a carreira. Para os servidores, é extremamente importante [a realização dos cursos], pois a dinâmica da nossa área muda todos os dias, com legislações e situações novas, e que são apresentadas para lidarmos no dia a dia”, afirma Brito. Diferente do presencial, o EaD facilita a capacitação, já que pode ser realizado em qualquer período do dia, sem sofrer a interferência de fatores externos, como o coronavírus.

Para poder realizar os cursos, é necessário a utilização de um login e senha, que são os mesmos de acesso do Expresso, plataforma utilizada pelos Auditores Fiscais. Caso o servidor não possua um endereço de e-mail da Secretaria da Fazenda, ele deve entrar em contato com a Efaz para ver a disponibilidade de cadastramento e acesso aos cursos.

A Escola Fazendária foi criada em 1975 para capacitar os servidores da Secretaria da Fazenda e oferecer educação fiscal, além de auxiliar na gestão de conhecimento na área tributária. Mais informações sobre os cursos disponíveis e inscrição podem ser vistas clicando aqui.
 

Categorias:

Comente esta notícia

código captcha