Coronavírus - Proteção e informação em casa! Mantenha-se atualizado. CLIQUE AQUI!

Notícias

Imagem

Paraná se destaca no campo da inovação durante a pandemia

Aplicativo criado pela Celepar é o primeiro do país que une quem quer doar com instituições que precisam da doação

O governo do Estado lançou nesta quarta-feira, 24 de junho, a campanha Aquece Paraná, com o objetivo de unir quem tem itens para doação e instituições que precisam. Por meio de um aplicativo, desenvolvido pela Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), as pessoas têm acesso a quais itens as instituições cadastradas estão precisando naquele momento, tudo sem sair de casa. A campanha é uma das adaptações que foram provocadas pelo novo coronavírus.

Para realizar a doação, a pessoa deve baixar o aplicativo Paraná Solidário e realizar o cadastro. Podem ser doados vários itens, como roupas, cobertores, sapatos, desde que estejam em bom estado e higienizados. O usuário deve cadastrar o produto que quer doar e o aplicativo mostra quais instituições na região estão precisando da doação. O próximo passo é combinar como será feita a entrega, sempre prezando pela saúde de quem doa e de quem recebe.

Leandro Victorino de Moura afirma que com a pandemia houve uma demanda de inovação no setor públicoCom a chegada do inverno e o aumento no número de casos de coronavírus em todo o Brasil, era preciso encontrar uma forma de garantir que as pessoas pudessem doar de forma segura. Para o presidente da Celepar, Leandro Victorino de Moura, a tecnologia sempre esteve presente, mas grande parte da população não tinha acesso aos recursos desenvolvidos. “Com a pandemia, os gestores se viram obrigados a acelerar a difusão dessa tecnologia nos municípios, oferecendo serviços digitais que facilitam a vida do cidadão”, explica Moura. O Paraná Solidário é o primeiro aplicativo do Brasil que faz a ponte entre pessoas que querem doar e as entidades que precisam daquele produto.

Não foi apenas o campo social que mudou por causa da doença. A Covid-19 fez com que as relações de trabalho fossem alteradas em todo o mundo. Distanciamento social, home office e reuniões virtuais foram algumas das mudanças no cotidiano, tanto na iniciativa privada quanto no poder público. Desde o início da pandemia, a Celepar tem trabalhado para informar a população e oferecer soluções aos gestores públicos. Sistemas de gestão, agendamento online para doação de sangue e aplicativos para atendimento online, como a telemedicina, são alguns exemplos de inovações fornecidas pelo órgão neste período. “A tecnologia, antes restrita a um pequeno grupo, ficou um pouco mais democrática, mas ainda temos um longo caminho a percorrer para que de fato ela se torne universal”, afirma Moura.

Mas os gestores municipais também têm trabalhado para incluir a cultura da inovação nas políticas públicas das cidades. A Prefeitura de Curitiba, por exemplo, criou em 2017, o Vale do Pinhão, que tem como objetivo estimular o empreendedorismo e a inovação, transformando a capital em referência para o Brasil e para o mundo. Outro município que também tem desenvolvido iniciativas para criar um ambiente de inovação é Maringá, no Norte Central do Estado. A gestão municipal criou um edital de inovação e fomento de startups que buscam desenvolver soluções para as demandas da população.

Parceira e inovação

É em momentos de crise que a inovação tem papel fundamental, ajudando a minimizar os efeitos e auxiliando para que serviços públicos e privados possam ser prestados para a população. Neste sentido, assim como o trabalho da Celepar, os Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná tiveram que se adaptar e parte deles estão trabalhando de forma remota, garantindo o atendimento à população e ajudando o Paraná a contornar a crise. O Sindafep também tem trabalhado remotamente para garantir a segurança de seus colaboradores e garantir atendimento aos seus filiados.

A Celepar é uma das apoiadoras do Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR), realizado pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep). Com o tema Empreendedorismo, a edição de 2020 busca projetos que primam pela inovação no setor público, oferecendo qualidade à população e tornando o serviço público moderno e eficiente.

Categorias:

Comente esta notícia

código captcha