Coronavírus - Proteção e informação em casa! Mantenha-se atualizado. CLIQUE AQUI!

Notícias

Imagem

Ivaiporã conscientiza população sobre o uso e tráfico de drogas

Valorizando a Vida promove palestras direcionadas à população e mobilização em espaços públicos, mostrando os prejuízos que o uso de entorpecentes pode causar

OUÇA ESSE CONTEÚDO:




O uso de drogas por parte de crianças, adolescentes e jovens têm crescido nas últimas décadas em todo o país. Nem mesmo cidades pequenas, consideradas mais seguras e com índices de criminalidade menores do que as grandes metrópoles, estão livres deste cenário. Pensando nisso, a Prefeitura de Ivaiporã, no Norte Central do Paraná, desenvolveu o projeto Valorizando a Vida.

Prefeito de Ivaiporã, Miguel Roberto do Amaral, recebe a Menção Honrosa pelo Valorizando a VidaCom um aumento do tráfico na região, o projeto surgiu com o anseio de cooperar para redução do uso de drogas, principalmente do crack no município. Foram realizadas palestras direcionadas à população e mobilizações em espaços públicos, principalmente nas escolas, mostrando os prejuízos que o uso de entorpecentes pode causar. Com o sucesso do projeto, as Secretarias de Assistência Social e Educação de Ivaiporã expandiram os trabalhos para municípios vizinhos, formando uma rede local para conscientização da população.

O projeto foi possível graças a uma parceria entre a Diretoria Municipal de Assistência Social, o Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas, o Núcleo Regional de Educação, Polícias Militar e Civil, Ministério Público, Vara da Infância e Juventude, Corpo de Bombeiros, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar, Conselho Municipal de Trânsito e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). A união dos órgãos proporciona que várias áreas possam ser abordadas, como saúde, segurança e educação

Entre os resultados do projeto estão a diminuição do uso e do tráfico, reduzindo também o índice de apreensões. Houve aumento na procura por tratamento, grupos de apoio e internações durante a realização do projeto, que atinge cerca de 20 mil pessoas. Os bons resultados garantiram à iniciativa o Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR) 2017 e uma Menção Honrosa em 2018, uma das premiações mais importantes desse segmento no país. Saiba mais sobre essa iniciativa no Banco de Projetos da premiação, realizada pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep).

Comente esta notícia

código captcha