Coronavírus - Proteção e informação em casa! Mantenha-se atualizado. CLIQUE AQUI!

Notícias

Imagem

Araucária melhora educação com formação continuada para professores

Psicomotricidade e Afetividade: O Comprometimento Afetivo no Fazer Pedagógico – Formação In Loco resolveu defasagem nas horas de formação dos profissionais

OUÇA ESSE CONTEÚDO:




A educação é uma área fundamental para o desenvolvimento social. Desta forma, investir em qualificação de professores é um importante caminho para que isso aconteça, ainda mais aqueles que trabalham com a educação infantil, quando as crianças estão em um processo de descoberta do mundo. Pensando nisso, a Prefeitura de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, desenvolveu o projeto de Psicomotricidade e Afetividade: O Comprometimento Afetivo no Fazer Pedagógico – Formação In Loco.

Secretária de Educação, Adriana Palmieri, recebe o Troféu PGP-PR pelo projeto Psicomotricidade e Afetividade no fazer pedagógicoCom uma defasagem na carga horária da formação continuada dos professores, o município buscou estratégias para que a formação continuada fosse de total eficiência e eficácia, levando em consideração também a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ambos da Organização das Nações Unidas (ONU). São atendidos os profissionais que atuam com crianças de zero a três anos.

Entretanto, devido às diferenças estruturais dos Centros Municipais de Educação Infantil, em que alguns possuem amplos espaços para realização de atividades com as crianças, e outros possuem limitações para desenvolvimento das atividades pedagógicas, fez-se necessário que cada unidade tivesse uma formação condizente com a realidade do local, por isso a utilização do termo “in loco”.

A formação continuada, que não tem custos ao município, é composta por quatro horas com formação presencial na própria unidade, quatro horas de palestra e curso, e as outras quatro horas via on-line. A Psicomotricidade, ciência que estuda a relação do indivíduo, seu corpo em movimento e a relação com seu mundo interno e externo, também foi aplicada, proporcionando às crianças a descoberta de suas expressões, impulsionando a ação criativa e a emoção.

Entre os principais benefícios do projeto está a qualificação dos profissionais, que foram treinados no próprio ambiente de trabalho, fazendo com que o que foi aprendido possa ser desenvolvido; a psicomotricidade, que ajuda no desenvolvimento das crianças; e o custo zero do programa. Os bons resultados garantiram à iniciativa o Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR) 2019, uma das premiações mais importantes desse segmento no país. Saiba mais sobre essa iniciativa no Banco de Projetos da premiação, realizada pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep).

Comente esta notícia

código captcha