Coronavírus - Proteção e informação em casa! Mantenha-se atualizado. CLIQUE AQUI!

Notícias

Imagem

Novas empresas movimentam economia de Fazenda Rio Grande

Programa de Aceleração ao Desenvolvimento Econômico realiza o assessoramento para grandes negócios, além de oferecer incentivos para instalação dos estabelecimentos

OUÇA ESSE CONTEÚDO:




Em tempos de crise econômica e de corte de gastos, prefeituras de todo o país estão buscando formas de atrair investimentos, tarefa que não tem sido fácil devido à pandemia do novo coronavírus. Pensando nisso, o município de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, desenvolveu o Programa de Aceleração ao Desenvolvimento Econômico (PADE).

Prefeito de Fazenda Rio Grande, Marcio Wozniack, recebe o Troféu PGP-PR pelo Programa de Aceleração do Desenvolvimento EconômicoCom uma população de pouco mais de 100 mil habitantes, o município tem se destacado pelo forte desenvolvimento econômico. Entretanto, a gestão municipal identificou que a burocracia acaba se tornando um grande empecilho para abertura de grandes empresas. Para resolver esse problema, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico criou um departamento de desburocratização, motivando empresários a instalarem seus negócios no município.

Para implementação do projeto, a prefeitura buscou apoio junto a diversos órgãos, como a Companhia Paranaense de Energia (Copel), Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Instituto Água e Terra (IAT) e a própria Procuradoria Municipal para facilitar a emissão de documentos. Além disso, o PADE realiza o assessoramento para indústrias e grandes comércios, criando um ambiente favorável para geração de empregos e renda.

A prefeitura usou como base uma lei de 1998, que trata da política de desenvolvimento municipal. Com ela, é possível oferecer incentivos físicos, como obras de terraplanagem, drenagem, aterros, abertura de acessos e outros serviços assemelhados, e também acompanhamento perante os estabelecimentos oficiais de crédito e órgãos públicos dos problemas enfrentados pelas empresas.

Com a criação do PADE, a expectativa é a geração de mais de dois mil empregos no município, já que dependendo do porte da empresa existem critérios e exigências específicas, inclusive em relação ao número de empregos gerados. Assim, o potencial de empregabilidade de cada empresa pode gerar isenções de ITBI, IPTU e ISS de construção, por períodos determinados. Toda a população de Fazenda Rio Grande é beneficiada com maior qualidade de vida e uma economia mais forte. Os bons resultados garantiram ao projeto o Troféu Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR) 2020, uma das premiações mais importantes desse segmento no país. Saiba mais sobre essa iniciativa no Banco de Projetos da premiação, realizada pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep).

Comente esta notícia

código captcha