Sindafep Seguros

Notícias

Imagem

Auditora fiscal é condecorada com a primeira Medalha de Mérito Fazendário Paraná

O secretário estadual da Fazenda, Renê Garcia Junior, condecorou a auditora fiscal da Receita Estadual, Gedalva Baratto, com a primeira e mais alta honraria do Mérito Fazendário do Estado do Paraná pelos seus 45 anos de dedicação ao serviço público. O objetivo da condecoração é reconhecer o trabalho dos servidores públicos do Executivo ou no âmbito acadêmico fazendário que contribuem para o desenvolvimento econômico e social para o equilíbrio das finanças públicas do Estado.

A cerimônia simbólica aconteceu nesta sexta-feira (19) na sede da Secretaria Estadual da Fazenda, em Curitiba. Estiveram presentes na solenidade o diretor-geral da Sefa, Eduardo Castro; o diretor da Receita Estadual, Roberto Tizon; a chefe de Gabinete da Sefa, Priscila Mânica, e demais colegas de trabalhos da servidora. 

Segundo Garcia Junior, essa é uma das homenagens mais justas aos servidores e serve como um incentivo para a continuidade do trabalho realizado no Fisco. “É um momento de comemoração para homenagear estas pessoas, que dão grande contribuição ao Estado no âmbito fazendário”, disse o secretário.

“Me sinto muito honrada! Foi uma surpresa, pois não imaginava que seria a primeira a receber essa homenagem; só tenho que agradecer”, disse, emocionada, a auditora fiscal. 

CARREIRA NO ESTADO – Gedalva deu início a sua carreira no serviço público em 1976, quando atuou no Ipardes (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social), e logo em seguida fez o concurso de auditor fiscal, em 1980.

“Ao longo desses anos colaborei com diversas atuações na Receita. Como trabalho com questões que envolvem assuntos federativos em âmbito nacional, me recordo de momentos intensos de muito trabalho, como por exemplo na Constituinte de 1988, quando nós auditores ajudamos a regulamentar e redigir as leis complementares que envolviam a legislação do ICMS e das transferências intergovernamentais que foram modificadas com os anos”, disse.  

“Me lembro também de momentos de intensa dedicação com a Lei Kandir. O projeto é fruto de um entendimento entre os estados e o governo federal, intermediado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) após um inédito acordo entre os governadores de todos os 27 estados”, afirmou a servidora. 

Atualmente Gedalva atua na Assessoria de Assuntos Econômico-Tributários da Sefa, área responsável pelo assessoramento ao secretário da Fazenda nas questões econômico-tributárias.  

O setor é responsável pela execução das políticas de incentivos e atração de empresas, visando ao desenvolvimento econômico e aos tratamentos diferenciados concedidos aos contribuintes paranaenses. Além da análise e definição dos índices de participação dos municípios, para distribuição da cota-parte do ICMS.

MÉRITO FAZENDÁRIO – A honraria foi criada para prestigiar servidores, profissionais e acadêmicos no âmbito fazendário, nacional, estadual e municipal. O prêmio foi instituído pelo Decreto 7.356, de 14 de abril de 2021 e regulamentado pela Resolução Sefa nº 881, de 27 de agosto de 2021. Os indicados ao prêmio deverão assinar o livro oficial do mérito fazendário que ficará registrado e arquivado na sede da Secretaria da Fazenda do Paraná.  

Fonte: SEFA

Comente esta notícia

código captcha