Coronavírus - Proteção e informação em casa! Mantenha-se atualizado. CLIQUE AQUI!

Notícias

Imagem

Escola de Gestão oferta vagas para especialização em gestão pública

Curso será na modalidade de ensino a distância. Os interessados devem fazer suas inscrições pela internet até o dia 1º de julho de 2020

A Escola de Gestão do Paraná oferta 39 vagas remanescentes para o curso de Especialização em Gestão Pública, na modalidade de ensino a distância. Os interessados devem fazer suas inscrições pela internet até 1º de julho. Acesse o edital.

O processo seletivo está aberto para todos os servidores públicos civis e militares, empregados públicos, assim como para servidores em estágio probatório e comissionados. É necessária formação de nível superior em qualquer das áreas do conhecimento.

A Especialização em Gestão Pública é destinada à capacitação de gestores ou técnicos em todas as áreas, no âmbito do poder público do Executivo Estadual. A carga horária total é de 480 horas, incluindo o Módulo Básico, o Módulo Específico e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

O curso será realizado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), em parceria com as universidades de Londrina (UEL), de Maringá (UEM), do Centro Oeste (Unicentro), do Norte do Paraná (Uenp) e do Oeste do Paraná (Unioeste). Apesar de ser na modalidade de ensino a distância, há possibilidade de encontros presenciais para apresentação do TCC.

A documentação exigida para inscrição pode ser conhecida no edital do curso. A inscrição no processo de seleção ocorrerá com o envio de toda a documentação para o e-mail eg-posgraduacao@seap.pr.gov.br. A relação nominal dos candidatos classificados será divulgada até 08 de julho de 2020.

Não poderão participar deste processo os empregados ou servidores que se encontram em licença sem vencimentos, bem como aqueles cedidos, com ou sem ônus para a Administração Estadual, aos órgãos ou entidades não integrantes do Executivo Público Estadual (Poderes Legislativo e Judiciário), assim como servidores dos Poderes Legislativo, Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública.
 

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Categorias:

Comente esta notícia

código captcha